Filme que transforma orixás em super-heróis será transformado em longa e série para TV

Filme que transforma orixás em super-heróis será transformado em longa e série para TV 

O GLOBO – POR DANDARA TINOCO

Cartaz do filme ‘Oya – Rise Of the Superorisha’

RIO – Com uma trama que transforma deuses africanos em super-heróis, o curta “Oya – Rise Of the Superorisha” (Oya – A ascensão do superorixá, em tradução livre) será transformado em longa-metragem e série para TV. A informação é do diretor Nosa Igbinedion, que falou ao GLOBO por e-mail. O britânico com ascendência africana diz que deseja explorar mais o universo desses deuses, já que “ o mundo dos orixás é muito rico e maciço para ser contido a um curta”.

– Eu tenho uma história épica planejada e vai levar mais que um filme ou uma série para explorá-la plenamente. Estou ansioso por isso – afirmou.

Na trama, a humanidade caminha para a autodestruição. A missão de Oya é achar alguém capaz de abrir o portão entre os humanos e os orixás para que o mundo não caia em desgraça.

Igbinedion conta que a intolerância contra as religiões de matriz africana estiveram entre os motivos que levaram ele a escrever e dirigir a história:

– Infelizmente o culto de Orixá tem sido demonizado em muitos lugares. Mesmo em sua terra natal, na Nigéria, as pessoas têm destruído os santuários dedicados ao orixá. Já ouvi pessoas orarem contra os deuses que os seus avós adoravam. Acho isso ridículo.

O diretor, que não conhece o Brasil, diz que planeja visitar o país em breve. Ao ser perguntado sobre a possibilidade de trabalhar com atores brasileiros, cita Rafael Zulu, Sheron Menezes, Lázaro Ramos e Taís Araujo.