Cultura

Livro “Candomblé e umbanda no Sertão: cartografia social dos terreiros de Petrolina/PE e Juazeiro/BA” está disponível na internet

O livro fala sobre a vida de diferentes babalorixás e yalorixás da região do Vale do São Francisco, pode ser encontrado na internet e está disponível para download. Angela Santana in http://pontocritico.org/ O livro “Candomblé e umbanda no Sertão: cartografia social

/ No comments

Livro “Candomblé e umbanda no Sertão: cartografia social dos terreiros de Petrolina/PE e Juazeiro/BA” está disponível na internet

O livro fala sobre a vida de diferentes babalorixás e yalorixás da região do Vale do São Francisco, pode ser encontrado na internet e está disponível para download. Angela Santana in http://pontocritico.org/ O livro “Candomblé e umbanda no Sertão: cartografia social

/ No comments

Maria Bethânia fala à Playboy, em 1996

Dizem que, num de seus delírios pós-tropicalistas, o empresário artístico Guilherme Araújo tentou colocar Maria Bethânia vestida de fada no palco, com varinha de condão e tudo. A idéia não colou – afinal, estamos falando de uma cantora que só

/ No comments

Maria Bethânia fala à Playboy, em 1996

Dizem que, num de seus delírios pós-tropicalistas, o empresário artístico Guilherme Araújo tentou colocar Maria Bethânia vestida de fada no palco, com varinha de condão e tudo. A idéia não colou – afinal, estamos falando de uma cantora que só

/ No comments

Folha DoSanto: Quem somos? DoSanto, é claro.

Kosi ewe, kosi orisa : “Sem folha, não tem orixá”. A Folha DoSanto teve seu nome criado inspirado neste famoso oriki poesia africano (se aproveitando abertamente do trocadilho—recurso de linguagem tão comum na língua iorubá)  e que versa sobre a importância da folha

/ No comments

Folha DoSanto: Quem somos? DoSanto, é claro.

Kosi ewe, kosi orisa : “Sem folha, não tem orixá”. A Folha DoSanto teve seu nome criado inspirado neste famoso oriki poesia africano (se aproveitando abertamente do trocadilho—recurso de linguagem tão comum na língua iorubá)  e que versa sobre a importância da folha

/ No comments

Livro aborda influência da cultura africana no vestuário do brasileiro

Livro aborda influência da cultura africana no vestuário do brasileiro  Geledés – 9 de fevereiro de 2015 Resultado de uma herança que remonta à época colonial, a influência da cultura africana está presente nas cores e nos desenhos estampados no vestuário

/ No comments

Livro aborda influência da cultura africana no vestuário do brasileiro

Livro aborda influência da cultura africana no vestuário do brasileiro  Geledés – 9 de fevereiro de 2015 Resultado de uma herança que remonta à época colonial, a influência da cultura africana está presente nas cores e nos desenhos estampados no vestuário

/ No comments

Mãe Valnizia é nova articulista do jornal A TARDE

Mãe Valnizia é nova articulista do jornal A TARDE 3 de dezembro de 2014 A partir do próximo dia 17, a ialorixá Valnízia Pereira de Oliveira passa a assinar, mensalmente, artigos nas páginas de Opinião de A TARDE. Dessa forma

/ One Comment

Mãe Valnizia é nova articulista do jornal A TARDE

Mãe Valnizia é nova articulista do jornal A TARDE 3 de dezembro de 2014 A partir do próximo dia 17, a ialorixá Valnízia Pereira de Oliveira passa a assinar, mensalmente, artigos nas páginas de Opinião de A TARDE. Dessa forma

/ One Comment

100 Cidades Africanas Destruídas Pelos Europeus, parte I

Geledés – 2 de dezembro de 2014 PORQUE existem poucos edifícios históricos e monumentos na África subsaariana! O motivo é simples. Os europeus destruíram a maior parte. Só nos restam os desenhos e descrições de viajantes que visitaram os lugares antes

/ No comments

100 Cidades Africanas Destruídas Pelos Europeus, parte I

Geledés – 2 de dezembro de 2014 PORQUE existem poucos edifícios históricos e monumentos na África subsaariana! O motivo é simples. Os europeus destruíram a maior parte. Só nos restam os desenhos e descrições de viajantes que visitaram os lugares antes

/ No comments

Homenageada da Flica, Mãe Stella afirma: ‘Se não registra, o vento leva’

Homenageada da Flica, Mãe Stella afirma: ‘Se não registra, o vento leva’ 23/10/2014, G1 Em entrevista, Ialorixá fala da importância de livros sobre o candomblé. Sacerdotisa da religião afro-brasileira participa de mesa literária no dia 1º. Maria Stella de Azevedo

/ No comments

Homenageada da Flica, Mãe Stella afirma: ‘Se não registra, o vento leva’

Homenageada da Flica, Mãe Stella afirma: ‘Se não registra, o vento leva’ 23/10/2014, G1 Em entrevista, Ialorixá fala da importância de livros sobre o candomblé. Sacerdotisa da religião afro-brasileira participa de mesa literária no dia 1º. Maria Stella de Azevedo

/ No comments

Tradicional terreiro do Gantois recebe visita de rei nigeriano em Salvador

Alaafin de Oyo, Oba Adeyemi III participou de cerimônia na capital baiana. Rei agradeceu o acolhimento e disse estar emocionado com a visita.  Do G1 BA 31/07/2014 14h21 – Atualizado em 31/07/2014 14h21 O tradicional terreiro do Gantois, no bairro

/ No comments

Tradicional terreiro do Gantois recebe visita de rei nigeriano em Salvador

Alaafin de Oyo, Oba Adeyemi III participou de cerimônia na capital baiana. Rei agradeceu o acolhimento e disse estar emocionado com a visita.  Do G1 BA 31/07/2014 14h21 – Atualizado em 31/07/2014 14h21 O tradicional terreiro do Gantois, no bairro

/ No comments

Uma vila africana onde as casas se transformam em obras de arte

Jornal “O Globo” RIO — Lembra-se quando você era pequeno e seus pais diziam para não rabiscar as paredes? É porque você não nasceu na pequena vila chamada Tiébélé, no oeste da África. Nesta comunidade, que fica próxima a Gana,

/ No comments

Uma vila africana onde as casas se transformam em obras de arte

Jornal “O Globo” RIO — Lembra-se quando você era pequeno e seus pais diziam para não rabiscar as paredes? É porque você não nasceu na pequena vila chamada Tiébélé, no oeste da África. Nesta comunidade, que fica próxima a Gana,

/ No comments

Ativista liberiana, Nobel da Paz visita Olodum: ‘A África está viva na Bahia’

Leymah Gbowee está Salvador nesta terça para uma palestra no TCA. Ela visitou a Escola do Olodum, brincou, dançou e tirou fotografias. Ativista dos diretos humanos, a Nobel da Paz de 2011, Leymah Gbowee, visitou a sede do Olodum nesta

/ No comments

Ativista liberiana, Nobel da Paz visita Olodum: ‘A África está viva na Bahia’

Leymah Gbowee está Salvador nesta terça para uma palestra no TCA. Ela visitou a Escola do Olodum, brincou, dançou e tirou fotografias. Ativista dos diretos humanos, a Nobel da Paz de 2011, Leymah Gbowee, visitou a sede do Olodum nesta

/ No comments